Clinica Doppler

Medicina Diagnóstica e a atenção às doenças cardiovasculares

Descubra quais são as doenças cardiovasculares mais comuns nos brasileiros e alguns dos exames mais importantes para seu diagnóstico e controle.

A cada ano, mais pessoas morrem no mundo devido a doenças cardiovasculares do que por qualquer outra causa – principalmente doenças isquêmicas do coração e acidentes vasculares cerebrais (AVC). Em um estudo publicado no mês de setembro de 2021, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), alertou que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte nas Américas, tirando 2 milhões de vidas anualmente. No Brasil, a cada 90 segundos, 1 brasileiro morre em decorrência de doenças cardiovasculares.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), as doenças cardiovasculares “causam o dobro de mortes comparadas àquelas devidas a todos os tipos de câncer juntos, 2,3 vezes mais que todas as causas externas (acidentes e violência), 3 vezes mais que as doenças respiratórias e 6,5 vezes mais que todas as infecções, incluindo a AIDS”. Continue lendo este artigo para entender a importância da Medicina Diagnóstica na prevenção às doenças cardiovasculares.

Cerca de 14 milhões de brasileiros possuem alguma doença no coração, mas você sabe quais são as mais comuns? São elas:

● Hipertensão: caracterizada pelo aumento da pressão arterial, normalmente acima de 130 x 80 mmHg, influencia diretamente no funcionamento do coração.

● Insuficiência cardíaca: comum em hipertensos, é caracterizada pela dificuldade em bombear o sangue para o corpo devido ao enfraquecimento dos músculos cardíacos.

● Ataque cardíaco: também conhecido como “Infarto Agudo do Miocárdio (IAM)”, se dá pela interrupção da passagem de sangue para o coração, habitualmente por conta do acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos.

● Miocardite: inflamação do músculo cardíaco que pode acontecer devido a infecções no organismo. Pode ocorrer por conta de uma infecção avançada por fungos, bactérias ou vírus.

● Arritmia cardíaca: alteração dos batimentos cardíacos que podem ser mais rápidos ou mais lentos. Geralmente é percebida junto com outros sintomas, como palidez, dor no peito, suor frio e falta de ar.

Essas são algumas das doenças cardiovasculares mais comuns e que surgem por conta da idade ou em decorrência de hábitos de vida pouco saudáveis.

São muitos os hábitos que precisam ser observados e que podem elevar as chances de desenvolver doenças cardiovasculares: sedentarismo, má alimentação, tabagismo, estresse e consumo de bebidas alcoólicas. Ou seja, suas escolhas podem ajudar seu coração a se manter saudável por muito mais tempo.

Medicina Diagnóstica x doenças cardiovasculares

É importante deixar claro que, caso você já tenha apresentado algum problema cardíaco ou possua familiares, pais, irmãos, avós, com quadros de colesterol elevado e/ou hipertensão, por exemplo, é altamente recomendado que você seja avaliado por um médico especialista.

Em uma consulta cardiológica, poderão ser pedidos alguns exames cardíacos específicos, tais como:

Ecocardiograma: é uma espécie de ultrassom do coração, bastante comum e utilizado com frequência em casos de investigação de sopros cardíacos, insuficiência cardíaca, alterações de formato e dos vasos sanguíneos. Usado para avaliar o tamanho do órgão, a espessura de suas paredes, a quantidade de sangue bombeado e o funcionamento das válvulas cardíacas. Indolor e não invasivo.

Teste Ergométrico: é feito em esteira rolante para registrar a atividade elétrica do coração durante o esforço físico máximo. Avalia, de forma conjunta, o comportamento da pressão arterial e a aptidão física do paciente, além do eletrocardiograma antes, durante e após o esforço.

M.A.P.A 24H: monitorização ambulatorial da pressão arterial. Investiga a variação da pressão ao longo do dia. Comumente solicitado em caso de suspeita de hipertensão e também em casos de diagnóstico já consolidado. Verifica se a medicação para controlar a pressão está funcionando bem ao longo do dia.

HOLTER: avalia o ritmo do coração e registra cada batimento cardíaco do período (dia e noite), em um gravador portátil, através dos mesmos eletrodos do eletrocardiograma. As arritmias cardíacas podem ser detectadas nesse importante exame, que também assegura o funcionamento de marcapassos.

Existem outros exames, incluindo laboratoriais, como glicemia, colesterol e triglicerídeos, que, mesmo não sendo específicos, podem indicar ou não o risco de desenvolver uma doença cardiovascular. Conte com a Clínica Doppler para o acompanhamento de sua saúde regularmente. Ficou com alguma dúvida? Fale pelo WhatsApp (por mensagem de texto) com um de nossos atendentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.